Ter uma piscina em casa pode ser sinônimo de alegria e diversão em todas as épocas do ano. Porém, se alguns cuidados com a piscina não forem tomados, podem acontecer acidentes e toda essa diversão pode ir, literalmente, por água abaixo. Especialmente quando os principais banhistas são as crianças.

E você, tem uma piscina infantil? É bom saber quais os cuidados que deve ter com ela. Afinal, eles vão além da manutenção e simples limpeza da água. A atenção precisa ser redobrada.

Veja quais os cuidados você precisa ter para que a sua piscina infantil esteja sempre segura para os pequenos!

1. Instale uma escada para entrada e saída das crianças

Dar um belo mergulho para entrar na piscina pode ser maravilhoso, mas nem sempre é o ideal para as crianças. Como a piscina infantil costuma ser mais rasa, esse tipo de “entrada” grandiosa não é nada segura. Além disso, nem toda criança tem desenvoltura suficiente para sair da água escalando sua borda.

Portanto, ter uma escada para facilitar a entrada e saída das crianças da água é a melhor solução. O corrimão e os degraus antiderrapantes evitam que a criança escorregue e entregam mais apoio. Até mesmo a você, quando quiser usufruir da piscina ou precisar fazer companhia para as crianças.

2. Tenha cuidado com os equipamentos

Crianças são naturalmente curiosas. Logo, é provável que os equipamentos utilizados na manutenção da piscina chamem a atenção delas. Por exemplo: o dreno e o ralo, que podem ser muito perigosos.

Uma peça muito indicada para uma piscina infantil é a instalação de um dreno anti-turbilhão. O item é parte da estrutura da piscina e serve para captar e recircular o volume de água. O uso dessa peça evita que os cabelos das crianças sejam sugados pelo ralo de sucção, situação que pode causar afogamentos.

Também é válido usar uma tampa no dispositivo de aspiração. Isso evita que as crianças coloquem a mão ou encostem no dispositivo, reduzindo os acidentes.

3. Invista em uma capa de segurança para a piscina infantil

Quando existem crianças em casa, toda piscina deve ser supervisionada. Mas, às vezes, os acidentes acontecem em segundos de distração. Como as quedas na água, por exemplo. Para impor limites no uso da área de lazer e garantir a segurança dos pequenos, o uso de uma capa de proteção e/ou segurança é o mais indicado.

Esta não é a função principal de uma capa de segurança, mas ela cobrirá toda a extensão da piscina, impossibilitando que as crianças caiam na água sem supervisão. Uma capa de segurança pode aguentar até 300 kg e tem durabilidade de três a cinco anos.

Na verdade, a capa foi feita essencialmente para proteger a água em tratamento e conservar sua limpeza. Uma vez que ela impede que as sujidades caiam na superfície e viabiliza que os produtos possam agir por mais tempo, sem que os raios de sol penetrem e provoquem a evaporação ou aumentem a proliferação de microrganismos, como as algas. Uma solução segura e também econômica para a sua piscina.

Todo cuidado é pouco com a sua piscina infantil. Ter atenção em relação a essas medidas é fundamental para garantir que a piscina forneça mais lazer e segurança a toda família.

“*Conforme a Lei 9.610/98, é proibida a reprodução total, parcial ou divulgação comercial deste conteúdo sem prévia autorização da CIKALA® .”